sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Sessão Dica de Leitura - Justiceiro: Bem Vindo de Volta Frank (The Punisher: Welcome Back, Frank)

  
Não pense que devido ao blog não estar tendo tantas vídeocríticas recentes nos últimos dias, nem muitos trabalhos do pessoal, as coisas andam meio paradas no Quadrinhos S.A.
Pelo contrário, a correria de fim de ano para finalizar a 11ª Edição do Quadrante X continua, e garanto à vocês, isso está comsumindo com o tempo de todos nós quadrinhistas.

De qualquer modo, entendemos sua sede por quadrinhos, e sabemos que a Sessão Dica de Leitura não poderá faltar. E é com imenso prazer que deixo com vocês uma excelente obra para ler durante o fim de semana.
Minha indicação é a obra Punisher: Welcome Back Frank (Justiceiro: Bem Vindo de Volta Frank), escrita por Garth Ennis, e com arte de Steve Dillon.

A edição encadernada reúne um dos melhores arcos de todos os tempos desse fantástico anti-herói dos quadrinhos americanos. A HQ conta com um belo roteiro de Garth Ennis, que se tornou eternizado pelos fabulosos arcos que criou para o personagem, e com desenhos do também grande artista Steve Dillon, seu fiel parceiro de trabalhos quadrinhísticos.


Na trama, Frank Castle mostra o que melhor sabe fazer, matar mafiosos. 
Dessa vez o Justiceiro está em busca da família de mafiosos Gnucci, liderada pela famosa Mamma Gnucci
E é claro, como qualquer outra história do anti-herói, já temos uma noção do que esperar, bandidos mortos das maneiras mais brutais e criativas possíveis.
Sem poupar explosões, derramamento de sangue e desmembramento algum, o que convenhamos, é magnífico.

Em suma, a obra acaba se tornando fabulosa, pois Garth Ennis consegue juntar toda aquela essência que o personagem possui. Sua personalidade marcante, seus medos, e criatividade, criando um roteiro que sem problema algum, poderia sair dali e ir direto para às telonas. 
Não é à toa que a sequência de ação no apartamento de Caslte esteve presente no fraquíssimo segundo filme do Justiceiro (The Punisher), de 2004. Estrelado por Thomas Jane, e dirigido por Jonathan Hensleigh.

Além de um graniosíssimo roteiro, a HQ conta com sequências de ação incríveis, e sacadas inteligentíssimas. Uma típica história de ação inteligente, brutal e que deixa o leitor preso à trama.  
Vale ressaltar que foi nessa edição que tivemos a introdução do famosíssimo personagem Russo, o qual acaba tornando-se um dos maiores problemas na vida de Frank Castle.

A edição é incrível. Uma ótima leitura para fãs de comics, e indispensável para qualquer nerd que se diz fã do Justiceiro.
Enfim, se você quiser saber mais a respeito da obra, conferir a análise da edição, e acessar os links para download dos capítulos da HQ, basta acessar esse blog aqui.

Isso é tudo pessoal!

Um comentário:

Marcel Ibaldo disse...

Pior é que o filme é lamentável.
Nos extras do DVD existe uma menção à edição que serviu de base para o roteiro.
Apesar de o longa-metragem ser uma abominação, me pareceu que a HQ seria bem melhor.
Vou conferir nos links se minha opinião estava correta.

Valeu.

Ocorreu um erro neste gadget